RESENHA: FORMATURAS INFERNAIS (MADISON AVERY E A MORTE – KIM HARRISON).

FORMATURAS INFERNAIS

  • Páginas: 320;
  • ISBN: 9788501085368;
  • Autores: Meg Cabot; Lauren Myracle; Kim Harrison; Michele Jaffe; Stephenie Meyer.
  • Ano de Publicação no Brasil: 2010
  • Gênero: Contos; Horror;
  • Idioma Original: Língua Inglesa;
  • Idioma: Português
  • Formato: Físico.
  • Classificação: 4.5/5 estrelas.
  • Editora: Galera Record.

SINOPSE:

Nessa emocionante coleção de contos de terror, as autoras bestseller Meg Cabot (O Diário da Princesa), Stephanie Meyer (Twilight), Kim Harrison, Michele Jaffe e Lauren Myracle se reuniram para mostrar que a formatura pode ser um evento muito mais aterrorizante do que se pensa. Problemas no guarda-roupa e um par que dança mal não são nada comparados a descobrir que vocês está dançando com a Morte – e que ela não está aqui para elogiar seu vestido.
De problemas com vampiros até uma batalha entre anjos e demônios, estas cinco histórias vão divertir mais do que qualquer DJ em um terno brega. Nada de limusine ou vestido de gala: só uma grande dose de assustadora diversão.

MINHAS CONSIDERAÇÕES:

SAGA INFERNAIS

Olá pessoas bonitas, tudo certinho com vocês? Espero que sim.

Hoje, vim falar sobre um livro meio diferente do que costumo falar, mas que é o quase-amor da minha vida. Eu sempre, sempre e sempre amei livros sobrenaturais [Sam, Dean, me liguem 😉 ], desde muuuito pirralha. Eu nem sei dizer se tinha lido um romance (do tipo flores e corações), antes de estar lendo livros com bruxas, vampiros [do tipo que viram pó e não os que brilham no sol (esses vieram depois)], lobisomens, dragões, fadas e etc. O que eu posso dizer? Harry Potter mudou a minha vida.

Então, estava eu lá, toda, bem, eu realmente não sei o que poderia estar fazendo (talvez ignorando alguma matéria de escola), enfim, quando ganhei Formaturas Infernais e vi na capa: Stephenie Meyer e eu fiquei ‘nossa, caramba, esse livro deve ser sensacional’, (sim, os vampiros já brilhavam nesse momento da minha vida). E embora quisesse ir lá correndo no final do livro ler o mais novo sucesso (pelo menos na minha cabeça), de dona Meyer, resolvi ler o livro como uma pessoa normal e começar do começo.

Primeira história, ok.

Segunda história, ok também.

Terceira história, VRAAA.

Sim, os sinos tocaram pra mim, tinha que fugir com aquela história pra Vegas e me casar com ela (hahaha, brincadeirinha, mais ou menos, afinal de contas, eu não tenho passaporte). Tenho que admitir aqui que as mocinhas deslocadas e rebeldes com o mundo são as minhas favoritas.

Madison Avery é a minha heroína favorita de todos os tempos (pelo menos, eu tenho quase certeza que é).

Ela era nova na escola e estava no baile do colégio com um cara (Josh), que só a havia convidado porque o pai lhe pediu. Ela estava odiando tudo aquilo. E Josh, aparentemente (minha opinião), era um cara legal. Só que Madison, apenas não queria estar ali. Então Josh fala umas verdades pra ela, porque afinal, ela estava sendo insuportável (mas ela ainda é minha heroína favorita), e deixa ela sozinha. Eis que surge então, um cara lindo de morrer, só que ele é lindo de morrer literalmente, porque esses são os planos dele para Madison. Seth, é o timekeeper negro e ele resolveu jogar a moeda da vida de Madison antes da hora.

Madison acorda no hospital, porque obviamente nada daquela situação foi certo, ou ocorreu como deveria. E ela não quer estar morta, então… E então, eu não vou contar o que acontece porque, então vou ser a pessoa mais chata de todas. Só sei que a história acabou e eu fiquei tipo hã? Como assim? Eu não sei lidar com esse final.

Ela vai ressuscitar? Ela vai viver um amor louco com o Barnabas? Ela vai…?

Ah, as perguntas eram tantas. Porque a história era tão boa.

Então, um belo dia, eu peguei o livro pra reler e me deparo com a história da Madison ali de novo, sem nenhuma palavra nova e me assombrando enormemente. Daí eu pensei: eu não aceito esse final (confesso que tive o mesmo pensamento com ‘A culpa é das Estrelas’, mas aí deu ruim, porque o final é aquele mesmo). Então, lá fui eu para o Google, e…. VRAAA de novo: Três livros da dona Kim Harrison sobre Madison Avery e a Morte, todos os três, apenas lá me esperando e me enchendo de emoção e me fazendo amar as capas e querer me casar com elas também.

Eu fui lá e li tudo em dois dias, torcendo pra ter um final decente, mas feliz que eu tinha mais do que só um conto. Porque ás vezes é uma porcaria quando uma história não termina como a gente quer né? E eu encarei essa história como um presente, um presente que eu queria que durasse pra sempre.

Mas o final da saga de Madison foi ótimo e nada do que eu achei que seria.

Então eu vim aqui recomendar pra vocês o livro Formaturas Infernais e a saga de Madison Avery, que se vocês puderem, leiam e espero que amem tanto, quanto eu amei ~insira um suspiro de contentamento aqui~.

MADISON

Ps: A Trilogia da autora Kim Harrison não foi publicada no Brasil, o que é uma vergonha, na minha opinião. Então, vocês só vão encontrar no idioma original.

Ps¹: Todos os contos do livro Formaturas Infernais são bons, mas eu realmente não me lembro do conto da Senhora Meyer, então, sem mais vampiros brilhantes pra mim, exceto que tem esse box comemorativo de Crepúsculo que eu ouvi falar….

Ps²: A série Infernais tem mais livros também (que ainda não li), coloquei as capas lá em cima. Vale a pena dar um conferida também 😉

Ps³ (juro que é o último rs): Lá em cima eu disse que nem me lembrava de ter lido um livro de romance quando mais nova, porém eu me lembrei que o primeiro livro fofíssimo que li se chama Byte Coração da Rita Espeschit, que eu tenho quase certeza que inspirou meu grande caso de amor com Fernando Pessoa ❤ então, aparentemente, eu me lembro.

Formaturas Infernais, apesar de ser um livro de contos de horror, é um livro leve e que nunca fica velho, acho que é único livro que eu consigo ler sempre, ou quando bate aquela ressaca literária e nada me anima, porque ele é realmente bom.

Então, de novo, espero que vocês leiam e amem muito, ou pelo menos, gostem ❤

Anúncios

6 comentários sobre “RESENHA: FORMATURAS INFERNAIS (MADISON AVERY E A MORTE – KIM HARRISON).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s