MAIS UMA CARTA QUE NÃO SERÁ ENTREGUE: Bien, Heureux Anniversaire À Moi.

Bem, olá.

Acabei de perceber que toda carta que te escrevo, começo assim, obviamente sou terrível nisso.

A última vez em que escrevi para você, você tinha oito anos e agora tem vinte e poucos.

Hoje é um dia muito especial pra você. Bom, pelo menos, deveria ser. Você sempre foi o tipo de pessoa que gostava de contar os dias até seu aniversário, mas no dia mesmo, você não dava muita importância, exceto, aquela vez, em que você mal podia esperar dar meia noite logo para entrar naquela rede social e ver todos aqueles balõezinhos subindo pela tela. Não posso culpar você por esperar por isso, porque bem, toda vez em que abria o aplicativo também ia em minha página, só para ver eles subindo.

Essa carta de hoje, não é igual aquela que você deveria ter recebido aos oito e que te faz querer chorar, só de lembrar as palavras. Bom, eu nunca te disse, mas eu sinto muito por dizer tudo aquilo, embora eu ache que você precisava sim, saber tudo aquilo.

Enfim, eu vim aqui pra te falar sobre tudo que deu certo. Eu sei que no seu aniversário de vinte e dois você ainda não tinha muita esperança de as coisas dessem certo pra você, mas adivinha só? Deu sim, mas claro que você já sabe disso, afinal, você está ai, com seu MBI, conseguiu aquele emprego que queria (e espero que tenha aprendido francês e parado de ir lá no google, não muito amavelmente), finalmente viveu aquela paixão louca e que causou um enxame de borboletas em seu estômago, cada vez que ele se aproximava de você. Você sorri mais e tem menos receio de conhecer pessoas novas. Seu pai ainda não caiu em si e viu quão maravilhosa você é e quão longe você vai chegar um dia, mas você já o perdoou e você sabe que todas as coisas que um dia ele disse não foram por mal, é apenas o que a vida faz com as pessoas.

As coisas não são perfeitas, mas você consegue finalmente dizer que se encontrou, ou pelo menos está caminhando para isso.

Quero que você saiba que eu tenho muito orgulho da pessoa em que você está se transformando e que toda aquela esperança que você reuniu cada vez que pensou em desistir, valeu a pena, tudo aquilo te trouxe até aqui. E nada do que eu pudesse ter dito a menina que você foi aos sete ou oito anos teria mudado qualquer coisa que aconteceu, por que aqui, não no final porque ele ainda tá longe demais, aqui, as coisas estão dando certo.

E neste dia 30 de setembro, seu aniversário, eu queria que você soubesse, desde já, que você é a pessoa que eu pretendo me tornar um dia, mas isso só vai ser possível se você não se esquecer da menina que foi decepcionada por seu herói aos oito, da pré-adolescente que teve todos os seus prováveis amores roubados aos onze anos, da adolescente perdida que entrou pra faculdade quando tinha acabado de fazer dezessete (e pediu inocentemente pra professora de processos gerencias para ir ao banheiro, porque sim, ela fez isso) e daquela garota com vinte e dois, que está muito perdida entre ser uma adulta e todas as oportunidades que forram arrancadas dela, para deixar de ser uma adolescente.

Eu não tenho certeza em que lugar você vai estar nesse 30 de setembro, mas sei com toda certeza, que você vai se lembrar daquele momento, onde mesmo com toda pressa do mundo você parou em frente ao seu computador (aquele, em que seu word sempre te deixava na mão e apagava seus documentos), e desejou que tudo que você precisava fazer para que as coisas melhorassem, era escrever seu próprio futuro em uma carta que você sabia que nunca seria entregue.

Conto com você para ir lá, ser feliz e continuar sonhando.

Feliz Aniversário, Carolina.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s