RESENHA: CINDER & ELLA – KELLY ORAM.

cinder e ella

  • Páginas: 269;
  • ISBN:  9780991457960;
  • Autor: Kelly Oram;
  • Data de Publicação: 15 de Agosto de 2014;
  • Gênero: Young Adult;
  • Idioma Original: Língua Inglesa.
  • Formato: E-book;
  • Classificação: 5/5 estrelas;
  • Você encontra na Amazon;

 

SINOPSE:

Há quase um ano, aos dezoito anos de idade, Ella Rodriguez esteve em um acidente de carro que a deixou incapacitada, com cicatrizes e sem uma mãe. Após uma recuperação muito difícil, ela teve que se deslocar por todo o país e forçar à custódia de um pai que a abandonou quando ela era uma criança. Se Ella quer escapar da casa de seu pai e sua nova família adotiva horrível, ela deve convencer os médicos de que ela é capaz, tanto física como emocionalmente, de viver sozinha. O problema é que ela não está pronta, ainda. A única maneira que ela pode pensar em começar a cura é reconectando com a única pessoa que restou no mundo, que já tenha significou algo para ela, o anônimo melhor amigo da internet, Cinder.

Sensação de Hollywood, Brian Oliver tem uma reputação de ser problema. Há grande negócio em torno de sua atuação em seu próximo filme, The Druid Prince, mas a sua equipe de gestão diz que não vai fazer a transição do galã teen para a lista de ator sério a menos que possa provar que ele tenha deixado seus dias selvagens atrás e se tornar um adulto maduro . A fim de extinguir as chamas da reputação de bad-boy de Brian, sua gestão encena um noivado falso para ele e sua co-estrela Kaylee. Brian não está feliz com o arranjo, ou sua falsa noiva, mas decide que ele vai sofrer por ela, se isso significa que ele vai conseguir uma indicação ao Oscar. Em seguida, um e-mail de surpresa de uma velha amiga de Internet muda tudo.

MINHAS CONSIDERAÇÕES:
cinder e ella -1

Acho que esse é, sem sombra de dúvida o livro mais doce que eu li, em um longo tempo. Não vou mentir e dizer que é tudo flores e corações, ou o romance, conto de fadas que eu imaginei que seria.

O nome Cinder & Ella nos leva direto a conclusão de que se trata de uma espécie de releitura, ou adaptação do famoso conto de fadas. Eu mesma, quase pulei direto para essa conclusão, de que estaria lendo a mesma história tudo de novo, apenas um pouco mais atual e enfeitada. Mas vou adiantar para vocês: eu estava errada.

A autora trabalhou sua magia tão bem dentro do universo de As Crônicas de Cinder, que eu quase me esqueci completamente sobre quaisquer comparações que eu pudesse fazer com Cinderela, apesar da madrasta e as duas irmãs.

Cinder & Ella foi a minha primeira leitura de 2016 e eu diria que se isso é qualquer indicação, então vai ser um ano de leituras fantásticas. Eu estava louca pra ler esse livro há bastante tempo, mas com minha lista de leituras só aumentando, ao invés de diminuir, acabei deixando o livro pra trás.

Ella mora com a mãe, até que no dia do seu aniversário de 18 anos, elas sofrem um acidente de carro. As consequências do acidente para Ella, vão muito além das sequelas físicas. Sua mãe não sobreviveu ao acidente, e depois de vários meses de reabilitação e de atentar contra a própria vida, Ella é enviada para morar com o pai, que abandonou ela e sua mãe e nunca mais olhou pra trás. Seu pai tem uma nova esposa e duas filhas.

A madrasta dela, Jennifer, não é exatamente ruim, mas também não é a pessoa mais sutil. Julliete, uma das gêmeas não é tão ruim com Ella, exceto talvez, pelo fato de que a odeia. Anastácia, por outro lado, parece ter feito sua missão de vida, acabar com Ella.

O pai de Ella, é um drama completamente diferente. Ele tem a custódia de Ella. Ele a matricula no colégio caro, onde suas duas outras filhas estudam, sem ouvir qualquer um dos protestos de Ella, que implorou para que ele a deixasse terminar o ano que perdeu tendo aulas online, ou em uma escola pública, onde as sequelas de seu acidente não seriam exibidas em um uniforme colegial, onde ela poderia se misturar mais facilmente. Ele diz apenas, que ela está sendo dramática.

Então em uma sessão com sua terapeuta, fica decidido que se Ella conseguir estabelecer um sistema de apoio com amigos, pessoas que darão um suporte á ela, ela finalmente poderá sair da casa de seu pai. O problema para Ella, é que graças a Anastácia, que faz de sua vida na escola um inferno, Ella não tem amigos e está muito longe de sua casa, amigos e vida antiga. Exceto, que ela tem um amigo.

Brian Oliver é o queridinho de Hollywood, estrela da adaptação cinematográfica da série de livros: “As Crônicas de Cinder”. Brian Oliver é também Cinder. Cinder é o melhor amigo de Ella. A última vez em que eles se falaram, foi minutos antes do acidente que mudou a vida dela. Eles nunca realmente se conheceram. Eles mantinham uma relação de amizade virtual por três anos, e então depois do acidente, Ella nunca mais teve contato com ele, até o exato momento em que ele está em seu primeiro encontro com sua falsa noiva.

Ella não sabe quem Cinder realmente é, assim como Brian, não tem ideia de que Ella, realmente se chama Ellamara, como a sacerdotisa da serie de livros. Ele também não tem ideia de como contar a ela quem ele é, ainda mais com sua falsa noiva ameaçando sua carreira, a carreira de seu pai e até mesmo Ella.

Ella é uma personagem super forte, um pouco cabeça dura, mas uma das mais fortes que eu já conheci. Tudo o que ela passou, foi muito difícil. E ela representa tão bem nós fãs de livros, resenhistas.

Brian é um personagem brilhante. É mais um daqueles personagens que faz a gente se perguntar se Hollywood é realmente tão brilhante como parece, ou se os holofotes dela ofuscam nosso julgamento do que a gente vê acontecer lá.

Eu tô aqui quebrando a cabeça pra pensar em algo, um argumento, um bom argumento pra convencer quem quer que venha a ler esse post, para ler o livro, mas eu não consigo pensar em nada, nenhum motivo realmente relevante, além de: você tem que ler esse livro!

“Bons personagens precisam passar por um processo para se submeter a novas experiências, para lhes dar profundidade e torná-los vulneráveis, relacionáveis e simpáticos. Bons personagens precisam das dificuldades para torná-los fortes. A ideia faz sentido, mas ainda é uma porcaria se você é a heroína.”

Tenho que admitir que quando eu vi, eu já tava lá chorando (a louca). Eu gosto de recomendar livros e falar sobre eles, gosto mesmo. E eu tava realmente louca querendo escrever sobre ele e todos os motivos que o mundo precisa conhecer esse livro. Fiquei um bom tempo olhando pro documento em branco, vendo o cursor piscar, relendo trechos da história e nada saia. Mas acho que alguns livros são mesmo assim, deixam transbordar tantos sentimentos, e a gente fica lá, apenas sentindo e querendo gritar: leiam esse livro.

Apesar de tudo o que Ella passa, esse é um livro doce, até mesmo engraçado. Tem um dos melhores tipos de mocinho, que é doce, charmoso, sarcástico e irreverente. Mas o livro é sério também, ele fala sobre bullying, sobre estar quebrado, mas fala também sobre seguir em frente e tomar as rédeas de sua própria vida. E que às vezes, quebrado é perfeito.

“Você quer saber por quê você nunca foi capaz de me fazer chorar?” Eu perguntei. “É porque você está tentando derrubar alguém que já está no fundo do poço. Você não pode me fazer sentir pior sobre mim do que eu já faço.”

Se você quer se apaixonar leia esse livro. Ele vai quebrar seu coração e mostrar as coisas que realmente importam, mas vai valer a pena e talvez (não prometo nada), você vai sair dessa leitura, um pouco mais forte.

Enfim, gente, é isso.

Cuidem-se, vocês.

Beijo 😉

Anúncios

6 comentários sobre “RESENHA: CINDER & ELLA – KELLY ORAM.

  1. Nath lima disse:

    Você leu a 5 onda ne?
    Desculpe sei que nao tem nada ver com a resenha que voce fez la em cima. Mas e que o idita do meu celular nao ta passando pras postagens mais antigas, e você disse em outro poste algo relacionado a nao gostar muito de ficsao cientifica (me corija se eu estiver errada) dai voce citou que Cinder e Ella foi sua primeira leitura de 2016. E eu consequentemente lembrei da minha que foi a 5 honda. Emtao voce leu?

    Ignore os erros ortograficos to des das 3 horas da manha acordada fusando no seu blog.

    Bjs vou dormir.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s