RESENHA: FIQUEI COM O SEU NÚMERO – SOPHIE KINSELLA.

CAPAS FIQUEI COM SEU NÚMERO

SINOPSE:

A jovem Poppy Wyatt está prestes a se casar com o homem perfeito e não podia estar mais feliz…
Até que, numa bela tarde, ela não só perde o anel de noivado (que está na família do noivo há três gerações) como também seu celular. Mas ela acaba encontrando um telefone perdido no hotel em que está hospedada. Perfeito! Agora os funcionários podem ligar para ela quando encontrarem seu anel.Quem não gosta nada da história é o dono do celular, o executivo Sam Roxton, que não suporta a ideia de ter alguém bisbilhotando suas mensagens e sua vida pessoal. Mas, depois de alguns torpedos, Poppy e Sam acabam ficando cada vez mais próximos e ela percebe que a maior surpresa da sua vida ainda está por vir.

13789776._SX540_

CLASSIFICAÇÃO: 4.5 ESTRELAS.

Páginas: 464 • ISBN: 978850140151-9 • Autor: Sophie Kinsella • Ano de Publicação: 2012 • Gênero: Chick lit • Idioma: Português • Formato: Físico. Editora: Record.

Eu nunca tinha lido nada da Sophie, um pouco de preconceito da minha parte, na verdade.

É, eu sei. Um pouco vergonhoso.

Não que eu me achasse boa demais para ler as histórias dela, ou que as histórias fossem fracas. Eu até vi o filme da Becky Bloom e achei bem legal. Se eu vou ser sincera, achava que os livros dela, eram doces demais, positivos demais, coisas assim.

E bom, eu estava errada mais uma vez, pra variar.

Sei que devem existir milhares de resenhas sobre esse livro, mas eu tenho que falar alguma coisa, me retratar, ou algo assim.

E estar errado sobre livros é uma das poucas coisas positivas sobre estar errado.

Os livros da Sophie têm um ritmo alucinante (sim, os livros, no plural, porque já pulei para o próximo. As mocinhas dela, são as mais malucas e divertidas.

Poppy, em particular é um achado. O livro mal começa e ela já perdeu o anel de noivado caríssimo, que é uma relíquia de família, bancou a cavaleira branca, teve o celular roubado e achou um telefone no lixo. Ufa!

738078._SX540_SY540_

É, bem, se fosse um filme, teria perdido tudo em um piscar de olhos.

Eu achava que esse livro era outra coisa, quer dizer o título sugere altas possibilidades, mas, não, vamos um pouco mais devagar.

Poppy acha um telefone celular no lixo do hotel, onde acabou perdendo seu anel de noivado. É um celular empresarial, com um crachá, mas bem, ele estava no lixo, não é como se alguém estivesse procurando por ele, então ela espalha seu novo número pelo hotel, caso alguém acabe achando seu anel.

E tudo está indo muito bem, até que o telefone toca e tudo já não está tão bem assim e ela acaba cantando e dançando uma versão de Single Ladies, para um grupo de japoneses, como um favor a Sam, o chefe da garota que jogou o telefone no lixo.

Mesmo após a performance, Sam quer o telefone de volta, na verdade, ele precisa, já que é da empresa, mas acaba cedendo e fazendo um acordo com Poppy, que na realidade não deixa muita margem para discussão.

Poppy está a poucos dias de seu casamento com Magnus e os pais dele vieram para o casamento, o que torna a situação com o anel um pouco pior, já que eles não aceitam a história do casamento muito bem e sendo uma espécie de família intelectual de professores que a fazem se sentir inferior, não ajuda muito bem com o fator intimidação. Além da muito estranha e estressada cerimonialista de seu casamento que age como se estivesse fazendo um favor por Poppy, quando na verdade ela está sendo muito bem paga para organizar tudo. E Poppy é o tipo de pessoa que não consegue dizer não, maltratar ou entrar em conflito com as pessoas.

Sam é exatamente o oposto, ele é curto e grosso e não tem nenhum tipo de problema em dizer não ás pessoas. Ele, inclusive, tem um e-mail de resposta para quando não quer responder uma pessoa. E Poppy, fica sabendo disso, porque ficou com o celular emprestado, com a condição de que encaminharia todos e-mails de Sam para ele. E bem, ela só não aceita muito bem ele não responder seus emails ou respondê-los apenas com duas ou três palavras e acaba respondendo todos os emails dele e causando um pequeno tumulto na vida de Sam.

Ao longo desses dez dias, Poppy e Sam vão aprender muito um com o outro e muito sobre eles mesmos, além de construírem algo muito próximo de uma amizade.

Monotonia é uma coisa que definitivamente não existe nessa história, cada capítulo é mais agitado do que o outro e tudo é sempre descrito com muito bom humor. Mesmo onde as coisas nem sempre são tão boas assim.

Poppy se mete nas situações mais loucas e descobre em Sam uma espécie de amigo e quanto mais eles se conhecem e se ajudam, mais difícil parece ser devolver aquele telefone.

A história tem muito mais, mas acho legal você deixar a história surpreender você, porque tem muita coisa e tudo foi muito bem pensado pela autora e apresentado de uma forma muito inteligente. Principalmente nas notas de rodapé, que são sem sombra de dúvida alguma, as melhores notas de rodapé.

442bcdfdd11a14832f8f9be09b33c327

Fiquei com o seu número, é um livro de humor e amor, fala sobre descobrir mais sobre quem você é e se aceitar, assim com aceitar o outro e se levantar por si mesma, quando preciso.

Enfim, se vocês puderem, leiam esse livro louco e cheio de estranhas coincidências. Mas será que é tudo coincidência mesmo ou é apenas o destino?

Além do mais, Sophie Kinsella, é um dos nomes mais legais de todos os tempos. Sério, parece a própria heroína da história, enfim.

É isso pessoas, cuidem-se vocês.

Beijão ❤

Anúncios

11 comentários sobre “RESENHA: FIQUEI COM O SEU NÚMERO – SOPHIE KINSELLA.

    • Carolina disse:

      Então, quero ler esse também! Na verdade, eu meio que quero todos os livros da Sophie agora kkk Provavelmente vou ficar louca com os livros dela por um tempo, mas vale a pena, porque as histórias dela são ótimas 🙂

      Curtir

  1. A Bookaholic Girl disse:

    Adorei a resenha! Fico muito feliz em ver que vc deu uma chance e pode mudar de opinião 🙂 Esse é um dos meus livros preferidos da Sophie e se pudesse leria até a lista de compras dela hahaha. Sugiro pra vc “Menina de vinte”, “Samantha Sweet, executiva do lar”, e “O segredo de Emma Corrigan”. ❤

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s