RESENHA: COLLISION COURSE – S.C. STEPHENS.

141141896

SINOPSE:

Lucas tinha tudo – popularidade, uma namorada dedicada, um melhor amigo que era como um irmão e uma mãe amorosa que faria qualquer coisa por ele. Sua vida estava no caminho certo para ser bem-sucedida e satisfatória, até que o acidente mudou tudo. Aconteceu numa noite durante uma chuva repentina. Naquela noite, três jovens vidas foram perdidas e uma vida ficou irremediavelmente alterada. Como o único sobrevivente, Lucas encontra-se cercado por agitadas fofocas sobre sua imprudente embriaguez na pequena cidade que ele costumava chamar de lar. Em meio a própria culpa e ódio a si mesmo, Lucas se esforça para encontrar esperança, encontrar a paz, e talvez, até mesmo encontrar o amor novamente.

MINHAS CONSIDERAÇÕES:

collision-course-s-c-stephens

Páginas: 472 • ISBN: 9781467943208 • Autor: S.C. Stephens • Data de Publicação: 9 de Abril de 2013 • Gênero: Young Adult • Idioma: Língua Inglesa • Formato: E-book • Você encontra na Amazon.

CLASSIFICAÇÃO: 3 ESTRELAS.

Eu não era muito fã da escrita dessa autora depois de Thoughtless, que no Brasil foi publicado como Intenso Demais. Essa coisa de largar o namorado bom-demais-para-ser-verdade para ficar com o amigo dele clichê-e-idiota-demais-para-ser-verdade, não teve apelo nenhum em mim.

E, eu não precisava de três livros para perceber isso.

Então, eu fiquei meio receosa ao ler Collision Course, a sinopse não parecia estranha, e já que eu não tinha nada melhor para fazer, eu resolvi encarar. Quer dizer, nada pode ser pior do que a Kiera, não é?

Lucas perdeu, seus amigos em um acidente de carro e a cidade toda culpa o garoto por isso, já que ele estava ao volante e nunca falou sobre o que se lembra do acidente, ou como tudo aconteceu.  Então, ele tem que voltar para a escola e encarar toda aquela raiva e acusação que seus colegas reprimiram por ele durante as férias.

As coisas são uma porcaria, e ele acaba conhecendo Sawyer, uma garota cheia de luz e vibrante, no banheiro masculino. Por algum motivo que ele não se importa em aprofundar a garota nova da pequena escola estava se escondendo lá. Depois de uma grande dose de humilhação, ela acaba levando ele embora para casa e eles formam um estranho tipo de amizade. E com estranho, eu quero dizer, que um não pergunta ao outro sobre os problemas que ambos sabem que o outro está passando.

Lucas, se apoia completamente em Sawyer para passar por seus dias, e as noites dele, são ocupadas sonhando com sua namorada morta, Lilian e seus amigos, Darren e a namorada dele, Sam. Ao invés de tentar seguir em frente, o idiotinha, fica lá, sonhando com os amigos e tentando passar para a próxima fase de seu relacionamento com a namorada morta.

Durante o dia, ele se deixar sofrer todo o tipo de bullying, de seus antigos amigos e colegas de equipe do futebol, e tenta passar o maior tempo possível de tempo com Sawyer, que como já era de se esperar, está se apaixonando por ele. E, como já era de se esperar também, ele vai acabar usando isso, para “passar por sua dor” e a bobinha vai continuar lá.

capas-collision-course

Não sei se isso ficou claro, mas apenas no caso de não ter: eu absolutamente não gostei do livro. De jeito nenhum. Achei que a autora deu uma viajada na maionese, e depois que as coisas estavam, de certa forma, esclarecidas, ela enrolou por mais ou menos umas cem páginas. Era como se depois da verdade ter sido dita, tudo ficou instantaneamente resolvido.

O livro não é exatamente ruim, ele teve seus momentos, acho que Sawyer, apesar de ter sido uma boba, quando na verdade deveria ter empurrado mais Lucas, para dizer a verdade, foi uma personagem excelente, e que deveria ter sido mais explorada pela autora, talvez, com uma POV só dela, ou algo assim. Teria acrescentado muito a história, realmente. O livro todo focado na lengalenga do Lucas, foi extremamente maçante.

Mas, porém, e, entretanto, a lição foi aprendida com sucesso: não ler mais S.C. Stephens, a menos, que o livro esteja sendo cem por cento elogiado, ou algo próximo a isso.

É isso é tudo por hoje, pessoas. Eu não muito boa para falar sobre livros que eu não gosto, e sei que minha opinião é só minha e ninguém precisa ou vai concordar. Por isso, recomendo expressamente, que vocês leiam esse livro (ou qualquer outro que não tem exatamente uma boa reputação) e tirem suas próprias conclusões, porque no final das contas, a única opinião que vai realmente contar para você, é a sua.

Beijo, para vocês 😉

Paz ❤

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s